Transformar o futebol em espetáculo

Mais um final de semana de violência nos estádios.

Todos voltam a discutir a solução para este problema. Surgem as mais variadas soluções: acabar com as torcidas organizadas, proibir que o torcedor do time visitante vá uniformizado ao campo, acabar com a venda de bebidas alcoólicas, entre outras medidas de restrição da liberdade.

Com um detalhe, as medidas normalmente acabam punindo o cidadão trabalhador que vai ao estádio para sua terapia “antistress” e deixando impune o vândalo.

Não penso em uma solução mágica para o problema. Mas gostaria de discutir alguns fatores que julgo ser necessário para  a melhoria do caso. São três fatores que considero chaves: tecnologia, informação e criatividade.

Tecnologia: a sociedade, representada pelos seus entes visíveis, como a polícia, não deve nem pode ser mais violenta que os marginais. Tem a obrigação de ter mais tecnologia.

O uso das câmeras nos estádios é muito amador, as estruturas que acompanham as vias de trânsito próximas são completamente improvisadas e não se sabe nem quem são as pessoas que foram aos estádios.

Os estádios são locais públicos, o poder público pode usar melhor a informação para proteger o bom torcedor.

– Separe áreas nos estádios para quem vai com a família. Dê conforto a essas áreas. Cobre por isso e ofereça um serviço compatível.

– Ofereça desconto para que as pessoas se identifiquem na hora da compra e da entrada. Assim pode-se saber quem são as pessoas que estão no estádio

– Cadastre os integrantes das torcidas organizadas. Separe-os dos demais. Aumente a vigilância em suas áreas.

– puna com multa pecuniária o clube cuja torcida pratique atos de vandalismo. Assim eles não a estimularão.

– obrigue a televisão a destinar uma parte de suas verbas para compra dos eventos para a segurança nos estádiose sobretudo para prêmios para o time mandante. Exemplo: caso não haja registros de violência, duplique a cota de televisão. Prêmios para as torcidas organizadas mais disciplinadas. 

– aplique penas alternativas mas criativas aos torcedores que pratiquem atos de indisciplina, tais como manter os banheiros limpos, servir os outros torcedores, etc.

– Transforme o antes, o intervalo e o depois do jogo numa série de eventos interessantes, tais como brincadeiras, shows, etc.

É preciso que a sociedade não aceite e aja com rapidez contra o avanço de uns poucos que acabam por estragar a diversão de muitos de nós.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: